Os Coadjuvantes

São muitos os coadjuvantes na fitoterapia para o restabelecimento da saúde do corpo Humano, todos eles naturais, porém o mais importante é fazer o uso correto para suprir as faltas ou necessidades de cada pessoa.

Para o correto emprego dos coadjuvantes uma anamnese (entrevista com o paciente) muito detalhada tem que ser feita pelo fitoterapeuta, podendo levar até uma hora e meia ou duas horas, sendo que em alguns casos, após a anamnese o fitoterapeuta chega à conclusão de que não há a necessidade de nenhum fitoterápico, complemento alimentar, entre outros para a solução do problema do paciente, porém há a necessidade de mudanças de hábitos, procedimentos ou detalhes na rotina diária, que podem provocar distúrbios nos quais nem de longe o paciente tem noção, podendo o vilão ser simplesmente um travesseiro.

Dentre os coadjuvantes para o tratamento com a fitoterapia encontram-se infusões, macerações, decocções, coagens, tinturas, ungüentos, compressas, pós, xaropes e banhos preparados a partir de folhas, caules, raízes e sementes oriundas da vasta e rica natureza, que porém somente devem ser recomendados por profissionais conhecedores dos benefícios, efeitos colaterais e o correto emprego de cada parte das plantas, pois muito ao contrário do que crê a maioria das pessoas, muitas plantas, quando empregadas de formas errôneas, podem não trazer os resultados esperados, podendo ainda serem tóxicas ou venenosas, levando o paciente até a morte.
É importante saber qual parte e de que planta auxiliará no tratamento ou cura do paciente, pois uma mesma planta pode ter uma finalidade para suas folhas, outra para suas raízes e ainda uma terceira para suas sementes.

Outros coadjuvantes de suma importância são os vinagres que muito podem ajudar em dezenas de casos, bem como as clorofilas extraídas das plantas, lembrando que, não existem clorofilas com ação terapêutica que possam ser comercializadas em forma de comprimidos, sucos, pomadas e etc., tendo em vista a sua rápida deterioração após a sua extração.
Toda a vez que um suco clorofilas for alterado adicionado de conservante, pasteurizado, ou ainda, as folhas processadas por sistemas de secagem, com a transformação ou não das folhas em pó, estará sendo apresentada uma “mentira terapêutica” ao exaltar a clorofila e induzir a acreditar nos benefícios desta e por, na realidade, apenas conter o pigmento verde, sem atividade alguma.
Cápsulas, extratos, pós e líquidos que não necessitem de conservação (conservantes), poderão conter os princípios fitoquímicos, mas jamais os nutrientes mais sutis como enzimas, coenzimas e todos os transportadores de elétrons de natureza quântica presentes em plena fotossíntese.

A Automedicação é um risco muito grande para o paciente, seja com a alopatia, homeopatia ou fitoterapia!!! Não coloque a sua vida em risco, menos ainda dos seus familiares e amigos!!! Procure um médico, um homeopata ou um fitoterapeuta (cada um a sua área) para orientá-lo corretamente!!!

Abraços,

Paul