Assuntos Interessantes

Alecrim

Frutas, Alimentos Saudáveis

Repelente Natural a Base de Cravo

Sugira um assunto interessante

Alecrim

Voltar ao topo

A melhor irrigação sanguínea permite um melhor funcionamento de todos os órgãos, principalmente do cérebro em qual quer situação, promovendo principalmente aumento da capacidade de raciocínio, aprendizado e bem estar.
Restitui rapidamente a energia perdida, principalmente para as pessoas com alta demanda mental racional, sendo um grande coadjuvante no tratamento de casos de depressão e emocionais, ajudando muito também às crianças com estrutura emocional passiva e as que não respondem de forma concreta às agressões da vida. Aumenta a capacidade de aprendizado. Atua até nos desconfiados, nos que não acreditam em si mesmos, nos que não têm coragem de se lançar em novos projetos.
Sendo um estimulante do metabolismo, também auxilia na assimilação do açúcar, grande benefício para os diabéticos.
Rudolf Steiner já afirmava que, por favorecer a circulação sanguínea, o alecrim é, acima de tudo, uma planta calorífera que fortalece o centro vital e age em todo o organismo.
Dizem as histórias que o Alecrim foi muito apreciada na Idade Média e no Renascimento, aparecendo em várias fórmulas, inclusive a “Água da Rainha da Hungria”, famosa solução rejuvenescedora. Elizabeth da Hungria recebeu, aos 72 anos, a receita de um anjo (um monge?) quando estava quase paralítica e sofria de gota.
Com o uso do preparado, recobrou a saúde, a beleza e a alegria. Sendo que, ainda conta a história, que o rei da Polônia chegou a pedi-la em casamento após o tratamento.
Madame de Sévigné recomendava água de alecrim contra a tristeza, para recuperar a alegria.
Há dias em que se tem a impressão de se estar dentro de um espesso nevoeiro. Tudo parece monótono e difícil e a tristeza toma conta. Seria a noite escura da alma?
Nesses dias, colha alguns ramos de Alecrim e prepare um chá. Sirva-o em uma xícara, tomando-o lentamente, apreciando bem o seu aroma e seu sabor.
A cada gole você sentira a sua mente clareando e a “noite” o deixando. Uma sensação de bem estar e alegria vai se espalhando pelo corpo.
Você ficará muito impressionado com a capacidade dessa planta, aliás, o nome alecrim já lembra alegria.
Tenha alguns pés de Alecrim em seu jardim, e poderá verificar o fato interessante de que quase todos que o visitarem demonstrarão afeição e respeito por ele.
Existe uma graciosa lenda a respeito do alecrim:
Quando Maria fugiu para o Egito, levando no colo o menino Jesus, as flores do caminho iam se abrindo à medida que a sagrada família passava por elas.
O lilás ergueu seus galhos orgulhosos e emplumados, o lírio abriu seu cálice.
Alecrim, sem pétalas nem beleza, entristeceu lamentando não poder agradar o menino.
Cansada, Maria parou à beira do Rio e, enquanto criança dormia, lavou suas roupinhas.
Em seguida, olhou a seu redor, procurando um lugar para estendê-las.
O lírio quebrará sob o peso, e o lilás é alto demais.
Colocou-as então sobre o alecrim e ele suspirou de alegria, agradeceu de coração a nova oportunidade e as sustentou ao Sol durante toda a manhã.
– Obrigada, gentil alecrim, disse Maria. Daqui por diante, ostentarás flores azuis para recordarem o manto azul que estou usando.
-E não apenas flores te dou em agradecimento, mas todos os galhos que sustentaram as roupas do pequeno Jesus, serão aromáticos.
Eu abençôo folha, caule e flor, que a partir deste instante terão aroma de santidade e emanarão alegria….e assim foi!
Cultivo:
É considerada de fácil cultivo, tendo razoável tolerância à seca e uma boa tolerância às pragas.
Quando cultivado em vasos, deverá ser mantido de preferência, aparada, de forma a evitar o crescimento excessivo e a perda de folhas nos seus ramos interiores e inferiores, o que poderá torná-lo um arbusto sem forma e rebelde. Quando cultivado em jardim, o alecrim pode crescer até um tamanho considerável e ser uma planta atraente.
Pode ser propagado a partir de uma planta já existente, através do corte de um ramo novo com cerca de 10–15 cm, retirando algumas folhas da base e plantando diretamente no solo.

Bom Chá para Você !!!

Pesquisa, Diagramação e Compilação por Paul W. Stein – Fitoterapeuta – 07/2010

Frutas, Alimentos Saudáveis

Voltar ao topo

São os alimentos mais perfeitos, pois gastam uma quantidade mínima de energia para serem digeridas e dão ao seu corpo um fantástico retorno.

As frutas, tendo como adocicante a frutose que facilmente é transformada em glicose, que é o único alimento que faz o seu cérebro operacional, tem em sua composição também:
Carboidratos, Proteínas, Fibras, Lipídios, Água, Vitaminas, Vitamina A, Vitamina B1 (Tiamina), Vitamina B2 (Riboflavina), Vitamina B3 (Niacina), Vitamina B 6 (Piridoxina), Ácido Fólico, Vitamina B 12 (Cobalamina), Vitamina C (Ácido Ascórbico), Vitamina D, Vitamina E, Vitamina K, Minerais, Cálcio (Ca), Fósforo (P), Ferro (Fe), Potássio (K), Iodo e Sódio (Na) (Sal).

Fora as fantásticas propriedades de alimentar, sendo ricas em água, auxiliam na limpeza e desintoxicação do corpo.

Tendo em mente que a passagem da maioria das frutas pelo estomago é rápida, indo então para o intestino onde ocorrem a maior parte das absorções, é sempre recomendável que estas sejam degustadas com o estomago vazio, permitindo a rápida passagem pelo estomago.
Com algumas frutas, quando isto não é observado, as frutas são retidas por um tempo maior no estomago, onde a absorção das propriedades é prejudicada, bem como, começa então a sua fermentação no estomago, o que acaba provocando eructação (arrotos) com o sabor da fruta.
A melhor forma de consumir a fruta é fresca ou suco extraído na hora do consumo, de forma que, para quem quiser consumir bons e saudáveis sucos, a melhor aquisição é uma centrífuga, que permite tomar um suco imediatamente após a sua extração, com as mesmas qualidades encontradas nas frutas frescas.
Sucos industrializados habitualmente tem suas propriedades comprometidas em função de processos como a pasteurização, ou outros, onde são aquecidos, podendo ainda se tornarem ácidos.
O Dr. William Castillo, chefe da clínica de cardiologia Framington, em Massachusetts, declarou que fruta é o melhor alimento que podemos comer para nos protegermos de doenças cardiológicas.
As frutas contêm bioflavonóides, que evitam que o sangue se torne espesso e dificulte o fluxo nos vasos sanguíneos, bem como fortalecem os vasos, lembrando que vasos fracos podem provocar hemorragias e problemas de ordem cardíaca.
Vale lembrar ainda que líquidos gelados durante ou após as refeições, são contraproducentes para o estomago e a digestão, pois solidificam as gorduras no estomago, retardando a digestão. Reagem também com os sucos digestivos e assim serão absorvidos pelo intestino mais depressa do que os alimentos sólidos, que permanecerão por mais tempo no intestino.
Os chineses e os japoneses bebem chá quente (de preferência chá verde) durante e após as refeições, nunca bebidas geladas, o que facilita e acelera a digestão e ajuda nas dietas de emagrecimento, hábito que deveríamos adotar!

Repelente Natural a Base de Cravo

O Cravo, especiaria muito utilizada na culinária também se revelou ao longo dos anos ser um excelente repelente para pernilongos, mosquitos, formigas entre outros.

Formulação para preparar um litro para aplicação em ambientes, canis e pêlo de animais (não em pele, cabeça e feridas) – Cuidado: Inflamável !!!

Ingredientes:

50 gramas de Cravo

500 ml de Álcool 92 graus

500 ml de Água

Preparo:

– Bata no liquidificador durante 30 segundos 250 ml de água com os cravos.

– Despeje o mix em uma garrafa plástica ou de vidro limpa, de um litro ou mais, e adicione os 500 ml de álcool.

– Deixe curtindo por 5 dias agitando 4 vezes ao dia por 30 segundos cada vez.

– Após os 5 dias, coe a mistura em coador de papel (tipo Melita).

– Enxágüe a garrafa para retirar os resíduos sólidos e devolva o mix coado para a garrafa. Descarte os resíduos sólidos (os restos de cravo).

– Adicione ao mix na garrafa os outros 250 ml de água e misture bem.

– Aplique nos locais desejados com borrifador.

Formulação para preparar um litro para aplicação em corpo humano (não aplique nos olhos, mucosas, região genital e feridas) – Cuidado: Inflamável !!!

Ingredientes:

50 gramas de Cravo

500 ml de Álcool 92 graus

400 ml de Água

100 ml de Óleo Johnson (neutro e sem cheiro) ou Mineral

Preparo:

– Bata no liquidificador durante 30 segundos 250 ml de água com os cravos.

– Despeje o mix em uma garrafa plástica ou de vidro limpa, de um litro ou mais, e adicione os 500 ml de álcool.

– Deixe curtindo por 5 dias agitando 4 vezes ao dia por 30 segundos cada vez.

– Após os 5 dias, coe a mistura em coador de papel (tipo Melita).

– Enxágüe a garrafa para retirar os resíduos sólidos e devolva o mix coado para a garrafa. Descarte os resíduos sólidos (os restos de cravo).

– Adicione ao mix na garrafa os outros 150 ml de água, os 100 ml de óleo Johnson ou mineral e misture bem.

– Aplique nos locais desejados com borrifador agitando bem a cada borrifada, pois o óleo, que vai fixar o cheiro na pele, se separa rapidamente da água e do álcool.

Sugira um assunto interessante

Voltar ao topo

Caro visitante e amigo, caso você tenha interesse na abordagem de um assunto em especial, peço que me envie um email com a sua solicitação ou idéia. Terei o maior prazer em atendê-lo!!

Abraços,

Paul